segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Parte 2- Testemunho Uma experiência com Deus

Deus sabe de todas as coisas e tudo cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. Minha avó mora no mesmo quintal que minha mãe, meus 5 irmãos e o atual marido da minha mãe, que eu não considero como padrasto.
E enquanto eu estava passando por essa situação em que dependia da minha avó, e meu tio que mora junto com a minha avó ele não facilitou nada para mim ali naquele lugar, então eu ficava mais na casa da minha mãe, eu estava completamente destruída, eu só dormia na casa da minha avó, comecei a ficar mais na companhia dos meus irmãos e da minha mãe; e ali enquanto eu chorava, o marido da minha mãe ria da minha cara, me humilhava e embora estando na casa da minha mãe eu tinha que aguentar tudo isso quieta pois estava dependendo deles, não tinha como eu fazer nada, ele dizia que eu iria ficar com meu filho e gravida debaixo da ponte, ele não me queria na casa da minha mãe, mas eu esperei alguém me mandar embora dali, mas para a honra e glória do Senhor, Deus não permitiu que isso acontecesse, pois se alguém se levantasse ali me dizendo para ir embora iria se cumprir o que aquele homem queria, pois eu não tinha mais pra onde ir, mas o meu Deus é maior, então vocês podem imaginar um pouquinho do que eu passei, ás vezes estando ali era pior do que estar na casa de pessoas estranhas, porque estranhos me tratariam melhor do que minha própria família, quem me ajudou bastante foi minha irmã, que embora tinha só 15 anos mas sempre estava conversando comigo, chorava comigo, me defendia foi uma verdadeira amiga.
E ali o marido da minha mãe, as pessoas que iam ali na casa dela me diziam que era melhor eu me divorciar mas não era isso o que eu queria em meu coração, eu perguntei pra Deus e ele me mostrou na sua palavra que ele abomina o divórcio, mas de tanta mágoa que eu sentia acabei me divorciando , e para mim aquilo era um ponto final no meu casamento, pensei comigo se tinha alguma chance pro meu casamento dar certo eu joguei essa chance fora quando me divorciei. Passado alguns dias fui a uma igreja onde Deus falou comigo, usou uma pastora que nem me conhecia para me dizer que aquilo em que os homens coloram um ponto final aqui na terra Deus não havia colocado um ponto final, e que ele pelejaria por mim. Com essa palavra descansei no Senhor, procurei meditar mais nas coisas de Deus, sem me preocupar com o que estava acontecendo, coloquei a minha vida nas mãos de Deus, (resumindo porque senão vai ficar muito longo).
Abri a Bíblia e li um versículo em Isaías 64:4 que diz: " Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com os ouvidos se percebeu, nem com olhos se viu um Deus além de Ti, que trabalhe para aquele que nele espera" Eu tinha que esperar em Deus. Encontrei um livro na internet o qual o título me impactou muito pois era " Como Deus pode e vai restaurar o seu casamento", baixei o livro pois não tinha condições para comprá-lo, e este livro me ensinou muito e eu comecei a colocar em prática aquilo que eu estava aprendendo, e lá dizia que mesmo se eu estivesse divorciada era pra agir como se continuasse casada, pois diante de Deus essa era a verdade. O marido da minha mãe zombou da minha cara e me chamou de louca, pois viu que eu voltei a usar a minha aliança, mas eu mesmo chorando dizia que eu confiava que Deus restauraria o meu casamento e que aquela prova era apenas, para eu aprender a ser submissa ao meu esposo, a ser uma boa esposa e uma boa mãe, ali morando junto com pessoas que queriam a minha ruína, aprendi o momento de calar e deixar Deus agir, aprendi que quando estou errada tenho que reconhecer o meu erro e me desculpar, aprendi que o orgulho não leva a gente a lugar nenhum, antes eu era muito exaltada e Deus me permitiu passar por isso para aprender que ninguém é melhor do que ninguém, e que os exaltados serão humilhados, e os humilhados Deus os exaltará, enfim aprendi muita coisa também observando a maneira da minha mãe agir, sempre quieta, se passava algum aborrecimento chorava sozinha e continuava fazendo o seu papel de esposa e de mãe, não se exaltava contra o seu marido, aprendi muito com ela, ali eu aprendi que devemos viver cada dia como se fosse o último procurar sempre fazer o bem mesmo que a pessoa não mereça.
E os meses foram passando eu chorava pensando que Deus havia se esquecido da promessa que havia me feito, havia se esquecido de mim. Mas Deus jamais se esquece de um filho seu.
Estava perto o dia da minha filha nascer e eu implorando pedi a Deus que mostrasse se ele realmente estava trabalhando ao meu favor, porque eu já estava quase sem forças para acreditar. Chegou o dia da minha filha nascer tive que ir para um hospital em outra cidade. E no ia 3 de abril de 2013 a na cidade de Guararema minha filha nasceu, depois que ela nasceu achei que estava tudo perdido pensei que a criaria sozinha sem pai, pois no primeiro dia de visita ele não apareceu... Mas no segundo dia ele veio ver a nossa filha...

Continua no próximo post...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...